Desvendando o CSOSN: Tudo que Empresas do Simples Nacional Precisam Saber

O CSOSN (Código de Situação da Operação no Simples Nacional) é um tema complexo, mas essencial para empresas que optam pelo Simples Nacional no Brasil. Dácio, no mais recente vídeo do canal FiscALL Training, detalha as nuances desse código, destacando as mudanças mais recentes e suas implicações.

Entendendo o CSOSN:

  • O CSOSN é um código composto por quatro dígitos, onde o primeiro refere-se à origem da mercadoria e os três restantes tratam da tributação do ICMS para empresas optantes pelo Simples Nacional.
  • A intenção era padronizar o código, permitindo a utilização de três dígitos nas notas fiscais, independentemente do regime tributário.

Mudanças e Revisões Legais:

  • O ajuste NF 11 de 2019 trouxe mudanças significativas, expandindo as codificações para as empresas do Simples Nacional, incluindo não apenas aquelas que ultrapassaram o sublimite, mas também as que recolhem o ICMS dentro dos valores permitidos.
  • Contudo, o ajuste CNF 34 de 2023 revogou disposições do ajuste anterior, anulando a nova tabela de codificações para empresas do Simples Nacional, resultando na ausência de uma tabela definida para o CSOSN.

Reviravolta nas Codificações:

Com as mudanças, o CSOSN permanece válido para empresas optantes pelo Simples Nacional. As empresas de regime normal continuarão utilizando o CST, conforme já adotado.

Vigência e Conclusões:

  • A vigência das novas codificações específicas (CSTs) foi afetada, com algumas tendo início em dezembro de 2023 e outras apenas a partir de abril de 2024.
  • Em resumo, todo o processo de substituição do CSOSN pelas novas codificações não se concretizou, mantendo o CSOSN para empresas do Simples Nacional.

O vídeo fornece insights valiosos sobre as complexidades do CSOSN e suas implicações para as empresas optantes pelo Simples Nacional. Para uma compreensão mais detalhada e para se manter atualizado sobre questões tributárias, assista ao vídeo completo no canal FiscALL Training.

Fique por dentro de mais conteúdos como esse seguindo o canal e o Instagram da FiscALL Training (@fiscall_training). Se tiver dúvidas ou comentários sobre o assunto, deixe seu feedback para que possamos ajudar e fornecer informações mais detalhadas.

Compartilhe o Post: